O ano de 2012

2012:

 

Dezembro:

  1.  Gentilmente levamos ao conhecimento dos nossos Estimados Visitantes que criamos neste portal uma página dedicada às pessoas, instituições polônicas do nosso Brasil. As informações buscamos na mídia, que ultimamente colocam informações sobre a origem daquelas pessoas que se tornaram destaque nacional. Quer saber mais? Por favor, clique aqui!

 

  1. Informamos aos nossos Caros Visitantes que já está disponivel neste portal para leitura o novo número da nossa revista “Polonicus” em pdf. Para ler este periódico, por favor, clique aqui!

 

  1. Consulado Geral da República da Polônia organiza VI FESTIVAL INFANTO-JUVENIL DE FOLCLORE POLONÊS. Este evento realiza-se no teatro do Colégio Estadual do Paraná em Curitiba. Inscreveram-se os seguintes grupos folclóricos: Hercílio Malinowski (São Bento do Sul – SC), Jupem(Erechim – RS), Karolinka (São Mateus do Sul – PR),  Kraków (Rio Claro do Sul / Mallet – PR), Mali Polacy (Virmond – PR),  Mazury (Mallet – PR), Piaskowa (Indaial – PR), Wawel (Col. Murici / São José dos Pinhais – PR), Wiosna (Campo Largo – PR), Wisła (Curitiba – PR).

 

  1. Quem dos nossos Estimados Visitantes quisesse ler nosso novo número do boletim editado em polonês “Echo Polonii Brazylijskiej”, deve clicar aqui!

 

 

 

Novembro:

  1. Falceceu – tendo 97 anos – pe. Stanislau Turbanski, SVD. O corpo deste dedicado missionário polonês foi sepultado em Ponta Grossa – PR. RIP.

 

  1. Em Brasília, Teori Albino Zavascki prestou o juramento como ministro do Supremo Tribunal Federal. O novo membro da instância suprema do judiciário brasileiro tem 64 anos de idade e nasceu em Faxinal dos Guedes, no estado de Santa Catarina e desde 2003 atua no STF. Ele foi nomeado ministro pela presidente Dilma Rousseff e no dia 30 de outubro o Senado da República Federal do Brasil aprovou a sua candidatura.

Teori Albino Zavascki já é o segundo ministro do STF que possui origem polonesa. O primeiro representante da comunidade polônica no STF é Ricardo Lewandowski, nascido no Rio de Janeiro. Ele foi nomeado ministro do STF no dia 16 de março de 2006 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Desde 7 de maio de 2009 é membro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nos anos 2010-2011 foi chefe do TSE e desde há alguns dias exerce a função de vice-presidente do STF.

* * *

Na Universidade Federal do Paraná (UFPR), realizou-se um seminário a respeito da poetisa polonesa Wisława Szymborska, ganhadora do Prêmio Nobel de 1996, com a participação da sua tradutora para o português, professora Regina Maria Przybycien, e dos professores de Literatura Polonesa da UFPR Marcelo Paiva de Souza e Piotr Kilanowski.

* * *

Em Porto Alegre, no StudioClio, a pianista polonesa Joanna Trzeciak apresentou-se com o recital “A música no seu tempo”. A pianista executou composições de Johan H. Hummel, Frederico Chopin, Serguei Prokofief e Mikolaj Miaskowski. Joana Trzeciak foi aluna da Academia de Música Frederico Chopin de Varsóvia. Ela estudou sob a direção do pianista e compositor Jan Ekier e já nos anos 80 se apresentou na Inglaterra, nos Estados Unidos, na África, na Ásia e no Oriente Próximo. Ela também já se apresentou no StudioClio em 2010 e agora iniciou por Porto Alegre a sua turnê pela América do Sul.

* * *

28.Na Embaixada da Polônia em Brasília realiza-se uma recepção em honra do ministro das relações exteriores da Polônia, Radosław Sikorski, que se encontrava no Brasil realizando uma visita oficial. Durante o encontro o ministrou conferiu a três pessoas a alta distinção de “Benemérito”, pela promoção da Polônia na arena internacional. Mais detalhes a respeito desse acontecimento serão fornecidos no próximo número da nossa revista.

 

12.A Câmara Municipal de Porto Alegre dedicou uma parte da sua sessão para homenagear a Festa Nacional da Polônia, comemorada no domingo 11 como o Dia da Independência. Por proposta do legislativo municipal, para essa sessão foram convidados representantes das autoridades locais e da Sociedade Polônia.

 

11.Por ocasião dos 94 da Independência da República da Polônia, o cônsul-geral Sr. Marek Makowski convidou a comunidade polônica e amigos brasileiros para uma missa solene que foi celebrada pelo reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil, Pe. Zdzislaw Malczewski, na igreja polonesa de S. Estanislau Bispo e Mártir em Curitiba (Rua Emiliano Perneta, 463). A missa foi concelebrada pelo pároco local e pelo pe. Lourenço Biernaski CM. No final da missa, o cônsul-geral entregou condecorações outorgadas pelo Presidente da Polônia aos senhores Marcos Domakoski e Sergiusz Sikorski. Após a celebração, todos os participantes do evento se encaminharam para o salão paroquial, onde foi servido um coquetel.

 

1.Na Sala Vip BB Turismo, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, é inaugurada uma exposição das obras de Zofia Dyminski (1918-2011). A artista veio ao Brasil em 1929, juntamente com sua família. Estudou na Escola de Belas Artes em Curitiba e ganhou muitos prêmios pela suas obras de pintura. A temática principal dos seus quadros são as paisagens, as flores e cenas do litoral paranaense. A exposição permanecerá aberta até o dia 31.1.2013.

 

Outubro:

  1. Dentro da programação do Festival de Etnias (veja as notas acima referentes aos dias 11 e 12), o Pe. Zdzisław Malczewski SChr, reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil, celebrou uma missa solene na intenção dos imigrantes e dos seus descendentes em Ijuí. A missa campal foi celebrada no chamado “Palco das etnias”. Os fiéis que participaram da Eucaristia tiveram a ocasião especial de reverenciar as relíquias do Beato Papa João Paulo II. Essas relíquias permanecerão por algum tempo na região de Ijuí e farão visitas às comunidades pertencentes à paróquia do Sagrado Coração de Jesus, onde vivem descendentes dos imigrantes poloneses. Está prevista igualmente uma peregrinação às demais paróquias daquela cidade. O solene encerramento da Fenadi deste ano ocorreu na tarde do domingo 21 de outubro. As diversas comunidades nacionais serviram aos seus convidados jantares tradicionais em suas casas étnicas.

 

19-21. Realizou-se em Curitiba a XI Assembleia Geral Nacional Ordinária da Representação Central da Comunidade Brasileiro-Polonesa no Brasil (BRASPOL). A assembleia iniciou-se no dia 19 de outubro, ocasião em que, na Sociedade Polono-Brasileira Marechal Piłsudski, a partir das 19 horas, ocorreu a recepção dos participantes e das autoridades. No dia seguinte, sábado, no salão paroquial da igreja S. Estanislau realizou-se a assembleia, durante a qual foram eleitos a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal para o biênio 2012-2014. O encontro encerrou-se na manhã do domingo, 21 de outubro, com uma missa em ação de graças celebrada em polonês na igreja S. Estanislau.

 

  1. Na embaixada de Portugal, em Brasília, realizou-se o solene lançamento do livro publicado em português por Henryk Siewierski – professor titular da Universidade de Brasília (UnB) e intitulado O livro do rio máximo do padre João Daniel. O jesuíta português Pe. João Daniel promoveu a atividade apostólica nos anos 1741-1757 na Amazônia brasileira. Após a extinção da ordem jesuíta e a expulsão dos seus religiosos do Brasil, os missionários jesuítas foram colocados numa prisão em Portugal. Na solidão de prisioneiro, o Pe. João Daniel dedicou-se à literatura, até a sua morte, que ocorreu no dia 19 de janeiro de 1776.  Esse jesuíta deixou cerca de 1.200 páginas escritas com letra miúda. O prof. Henryk Siewierski dedicou muito tempo aos manuscritos do padre João Daniel, que se encontram no Arquivo Nacional no Rio de Janeiro. Ele apresenta ao leitor um livro interessante, contendo trechos selecionados da obra do Pe. João Daniel. O Prof. Siewierski redigiu também para essa edição um prólogo e um posfácio. Um livro de leitura fascinante, recomendado a todos aqueles que a ele tenham acesso. Da nossa parte, felicitamos o autor por mais essa obra.

 

  1. Dia da comunidade étnica polonesa durante o Festival de Etnias em Ijuí. A comunidade polônica, sob a direção da Sociedade Cultural Polonesa Karol Wojtyła, apresentou o seu rico programa. A coletividade polônica foi honrada com a visita do Sr. Marek Makowski – cônsul-geral da Polônia em Curitiba. A saudação oficial do representante da Polônia realizou-se no portal de entrada do Parque Municipal de Exposições Wanderley Burmann. A seguir ocorreu um encontro com o cônsul polonês na Casa Polonesa. Nesse dia, além da degustação de produtos culinários poloneses, os visitantes do parque tiveram a possibilidade de participar da apresentação de danças executadas pelos conjuntos polônicus Piast e Krakus, bem como do conjunto polônico infantil de São Miguel do Oeste. No dia 19 de outubro foram solenemente comemorados os 122 anos da colonização europeia em Ijuí. Nos primórdios da colonização, os colonos poloneses constituíam um dos maiores grupos dentro do mosaico de representantes de diversas nacionalidades que se estabeleciam naquela região do Rio Grande do Sul.

 

  1. Na cidade de Ijuí, no estado do Rio Grande do Sul, realiza-se a inauguração de mais uma edição da Expoijuí (apresentação do patrimônio industrial e agrícola do município) e da Fenadi (festival nacional de culturas variadas). Durante o festival, cada um dos doze grupos étnicos tem o seu dia, quando apresenta as suas tradições, a sua cultura e os seus produtos culinários.

 

  1. Com o título “Vestígios poloneses no Brasil – a pintura de Tomasz Łychowski”, no Palácio Staszic, em Varsóvia, realizou-se a solene abertura da exposição do nosso artista e líder polônico Tomasz Łychowski, residente no Rio de Janeiro.

 

 

Setembro:

  1. A Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, organiza um seminário dedicado a Janusz Korczak, com a seguinte programação: “Um homem entre mundos – sobre a vida heroica de Henryk Goldszmit e a memória lendária de Janusz Korczak” – Prof. Msc. Piotr Kilanowski, da UFPR; “Korczak e o Holocausto – Uma resistência cultural judaica vibrante e insubordinável” – Carlos W. Wencland Reiss – coordenador-geral do Museu do Holocausto de Curitiba; “A criança de Korczak” – Profa. Dra. Aleksandra Marcela Piasecka-Till – da UFPR.

 

  1. Graças à cooperação do Consulado Geral da Polônia e do Museu do Holocausto, da Casa de Cultura Beit Yaacov, da Comunidade Israelita do Paraná, da Casa de Cultura Polônia-Brasil e da Universidade Federal do Paraná (UFPR), realizou-se no Museu do Holocausto, em Curitiba, a abertura da exposição “2012 Ano de Janusz Korczak – Reformador do Mundo”. Essa exposição permaneceu aberta até o dia 17 de outubro.

 

18-20. Nas Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil, em Curitiba, realiza-se o III Congresso Brasil-Polônia de Direito Constitucional, com a participação de palestrantes brasileiros e  poloneses.

 

 

Agosto:

  1. As comunidades polônicas do Brasil festejam solenemente o Dia de Nossa Senhora do Monte Claro. Na comunidade da Igreja do Brasil existem várias paróquias sob a invocação de Nossa Senhora do Monte Claro ou de Częstochowa, bem como muitas capelas dedicadas à Padroeira e Rainha da Polônia e dos Poloneses no Exterior.

 

  1. A partir dessa data, encontra-se disponível no nosso portal (www.polska-misja.com.br) mais um número da revista Echo Polonii Brazylisjkiej(Eco da Comunidade Polônica Brasileira).

 

  1. Na sede da administração da voivodia de Poznań, realizou-se a solenidade da entrega de condecorações. Entre os homenageados encontrava-se o Pe. João Sobieraj, pároco da paróquia pessoal polonesa de N. S. do Monte Claro no Rio de Janeiro, que comemorou neste ano o seu jubileu de ouro de sacerdócio. O Ministro da Cultura e da Herança Nacional conferiu-lhe a distinção honorária “Benemérito para a Cultura Polonesa”. Essa distinção foi conferida ao sacerdote polonês em razão da sua contribuição para difusão do polonismo fora das fronteiras da Polônia. Em nome do ministro, a condecoração foi realizada pelo voivoda local, Piotr Florek. Participou da solenidade o superior geral da Sociedade de Cristo para os Poloneses Emigrados, Pe. Tomasz Sielicki, bem como o superior da Casa Central, Pe. Andrzej Sołopa. Não faltaram também representantes da família e amigos do Pe. João.

 

  1. Graças à cooperação do Consulado Geral da Polônia e do Centro de Línguas Estrangeiras Modernas (CELEM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, realiza-se nessa universidade uma palestra do Dr. Krzysztof Smolana, da Universidade de Varsóvia, a respeito do tema “Arquivos polônicos na América Latina”.

 

***

Faleceu em Curitiba, com a idade de 96 anos, Jadwiga Maria Krzyżanowska, combatente polonesa, prisioneira do campo de concentração nazista em Ravensbrück. No dia 22 de julho de 2012, em razão dos seus elevados méritos em prol da independência da Polônia, pela sua atividade integradora dos núcleos polônicos e pela promoção da Polônia, a Sra. Jadwiga foi honrada com a entrega da Cruz de Cavaleiro da Ordem do Mérito da Polônia, solenidade que se realizou em sua residência. Participaram da solenidade: a Sra. Irena Łoś – representante da Associação dos Combatentes Poloneses no Brasil; o Dr. Edward Kusztra – presidente da Associação dos Diplomados em Universidades Polonesas no Brasil; o Sr. Marek Makowski – cônsul-geral da Polônia em Curitiba e a família da condecorada.

 

  1. No Teatro Guaíra, em Curitiba, realiza-se um concerto sinfônico com uma programação exclusivamente polonesa, sob a regência do maestro polonês Antoni Wit e com a participação da violinista polonesa Aleksandra Kuls.

 

4-5. Na cidade de Água Branca (ES), realiza-se a XII edição da Festa do Imigrante Polonês e a comemoração dos 84 anos da vinda dos imigrantes poloneses a essa região do estado do Espírito Santo. O reitor da Missão Católica Polonesa participou dessas solenidades. O Pe. Zdzisław veio especialmente a Águia Branca de Curitiba (distante dali 1.700 quilômetros) em companhia do reitor da Pontifícia Universidade João Paulo II de Cracóvia – o Pe. Dr. Władysław Zuziak e do Dr. Krzysztof Smolana – professor na Universidade de Varsóvia e funcionário do Arquivo de Documentos Novos na capital polonesa.

 

 

Julho:

  1. Os sócios da Sociedade Polônia, em Porto Alegre, elegeram para os próximos dois anos a nova administração dessa meritória sociedade polônica. Eis os membros da administração: presidente – Paulo Francisco Ratkiewicz; vice-presidente para assuntos administrativos – Mariano Hossa; vice-presidente para assuntos sociais – Ademir J. Knakevicz Grzeszczak; vice-presidente para assuntos financeiros – Cláudio Stih; vice-presidente para assuntos patrimoniais – Edwino Antônio Zembruski; vice-presidente para assuntos culturais – Cláudio Haber Zembrzuski. A nova administração assumiu as suas funções no dia 1 de agosto, e a tomada de posse realizou-se durante um encontro geral dos membros da Sociedade no dia 27 de agosto de 2012.

***

A partir dessa data o número 5 da revista Polonicus encontra-se disponível no portal: www.polonicus.com.br

 

17-23. Em razão dos preparativos para o Dia Mundial da Juventude, a realizar-se no Rio de Janeiro em 2013, encontra-se em Curitiba Sua Excelência Dom Henryk Tomasik – ordinário da diocese de Radom e presidente do Episcopado da Polônia para assuntos de pastoral da juventude, responsável pela preparação da juventude polonesa para o DMJ. O bispo polonês veio acompanhado pelo Pe. Grzegorz Suchodolski – diretor do Escritório Nacional da Organização do DMJ em Varsóvia. De Curitiba, no dia 23 os hóspedes da Polônia viajaram a Brasília, onde estavam previstas visitas oficiais à Embaixada da Polônia e à sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Na capital, os representantes da Igreja da Polônia foram acompanhados pelo Pe. Simão Sieczka – originário da diocese de Radom e exercendo as funções de vigário-geral da diocese de Luziânia, situada nas proximidades de Brasília. A seguir, nos dias 25 a 31, S. Exa. Dom Henryk Tomasik e o diretor Pe. Grzegorz estiveram no Rio de Janeiro, onde participaram de encontros com o Comitê local da DMJ, presidido pelo arcebispo local, Dom João Orani Tempesta. No Rio, acompanhou os hóspedes da Polônia o Pe. Casimiro Długosz SChr – provincial da Sociedade de Cristo no Brasil.

 

 

Junho:

  1. No Museu Alfredo Andersen, em Curitiba, realizou-se a abertura da exposição “Arqueologia da Oficina”, de Cláudio Boczon, um conhecido artista polônico.

 

  1. Na residência dos Arcebispos de Cracóvia, o pe. Zdzisław – Reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil, recebe das mãos de Sua Eminência o Cardeal Stanisław Dziwisz relíquias do Beato João Paulo II para a comunidade polônica brasileira. Dentro de pouco tempo essas relíquias do papa polonês, que exerceu uma grande influência sobre a coletividade polônica local, visitarão as paróquias polonesas pessoais, as capelanias polonesas e as comunidades polônicas do Brasil. Algumas fotos mostrando o encontro do reitor da MCP com Sua Eminência e a recepção das relíquias do Beato João Paulo II podem ser encontradas no portal: www.polonicus.com.br

 

  1. Aparece mais um número da revista Echo Polonii Brazylijskiej(Eco da Comunidade Polônica Brasileira), em língua polonesa, que pode ser acessada no nosso portal (www.polska-misja.com.br).

 

  1. No santuário mariano de Częstochowa, o reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil concelebra uma missa na capela da milagrosa imagem da Senhora de Monte Claro nas intenções da coletividade católica polonesa no Brasil.

 

  1. O redator da revista Polonicusencontra-se em Varsóvia com amigos da comunidade polônica brasileira que colaboram com a nossa revista polônica. Participaram do encontro: Stanisław Pawliszewski – presidente da Sociedade Polono-Brasileira Rui Barbosa; Dra. Renata Siuda-Ambroziak – professora na Universidade de Varsóvia; Dr. Jerzy Mazurek – professor na Universidade de Varsóvia e vice-presidente do Museu do Movimento Popular Polonês em Varsóvia; Dr. Krzysztof Smolana – professor na Universidade de Varsóvia e funcionário do Arquivo de Documentos Novos. Desse enriquecedor e rico encontro participou igualmente o Pe. José Wojnar SChr, de Quedas do Iguaçu, no Paraná, e o pe. Paulo – diretor da Biblioteca da Sociedade de Cristo em Poznań. Com certeza, um fruto desse encontro será uma dinamização maior ainda desta única publicação polônica no Brasil de caráter científico.

 

  1. O Pe. João Sobieraj SChr – há 46 anos atuando como sacerdote polônico no Brasil e há 14 anos pároco da paróquia polonesa no Rio de Janeiro – festejou o seu jubileu de ouro de sacerdócio na paróquia natal em Wytomyśl, peto de Poznań, na Polônia.

 

  1. Em razão da competição futebolística Euro 2012, que se realizou na Polônia e na Ucrânia, o Consulado Geral da Polônia e o Consulado da Ucrânia, de Curitiba, realizaram um encontro futebolístico representando a coletividade polonesa e ucraniana num estádio localizado no bairro de Santa Felicidade. O selecionado da Polônia fez 17 gols – contra nenhum da Ucrânia! Felicitamos os Consulados por essa maravilhosa iniciativa, que integrou as nossas comunidades étnicas. Parabéns aos nossos esportistas polônicos! Realizaram-se também apresentações de conjuntos folclóricos dos nossos grupos étnicos. Naturalmente, não podia ter faltado numa ocasião dessas o insubstituível Sr. Tadeu, que serviu os seus conhecidos (não somente em Curitiba) pierogi poloneses!

 

4-24. O Centro de Línguas Estrangeiras Modernas (CELEM), da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, realiza um curso intensivo de língua polonesa. Maiores informações podem ser encontradas no portal: www.celin.ufpr.br

 

 

Maio:

  1. Na paróquia pessoal de Nossa Senhora de Monte Claro, no Rio de Janeiro, realizaram-se as solenidades do jubileu áureo sacerdotal do pároco, Pe. João Sobieraj SChr. A solene missa jubilar foi presidida por Sua Excelência o arcebispo metropolitano Dom João Orani Tempesta, que igualmente pronunciou o sermão ocasional. Da missa concelebrada participou o Pe. Casimiro Długosz SChr – provincial da Sociedade de Cristo na América do Sul. Maiores informações a esse respeito podem ser encontradas no portal da arquidiocese do Rio: http://www.arquidiocese.org.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm

 

  1. Na Embaixada da Polônia, em Brasília, realiza-se a apresentação do livro Polônia, de autoria de Ivan Godoy, comentado na nota acima.

 

  1. Na Biblioteca do Senado do Brasil, em Brasília, realiza-se a apresentação do livro Polônia, de autoria de Ivan Godoy – jornalista da Rádio Senado, de Brasília. No final de 2011 o mencionado livro surgiu no mercado editorial brasileiro graças à Editora Alfa-Ômega, de São Paulo. A citada obra é o resultado de uma viagem de pesquisas que o autor realizou à Polônia em 2009. Pela primeira vez há muitos e muitos anos, foi publicado no Brasil um livro inteiramente dedicado à Polônia. Escrito num estilo muito estimulante à leitura, o livro se dirige ao leitor brasileiro e mostra a Polônia em diversos aspectos.

 

  1. Na Faculdade de Direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), realizou-se a apresentação da dissertação científica de autoria do Prof. Rodrigo Lychowski, professor da mencionada universidade e filho de Tomasz Lychowski – conhecido líder polônico na cidade do Rio de Janeiro. O título da obra apresentada é Contradições do Direito. Apresentamos ao nosso intelectual polônico sinceras felicitações por mais esse sucesso por ele alcançado.

 

  1.  No Teatro Tuca, em São Paulo, realizou-se a estreia do espetáculo teatral “Enlace – A loja do ourives”, baseada na peça de Karol Wojtyła (João Paulo II) “Na loja do ourives”. A encenação foi preparada na forma inovadora do music-hall, com o acréscimo dos textos das canções e de danças. A peça relata, de forma romântica, o amor de três casais, tendo como pano de fundo acontecimentos da história mais recente da Polônia. O diretor do espetáculo é Jo Santana, e o diretor artístico – Thiago Gimenes, tendo como idealizadora e coprodutora Maria de Lourdes F. Muniz de Mello. A estreia despertou grande interesse e foi muito bem recebida pelo público paulistano e pela crítica. Participaram dela o arcebispo de São Paulo, Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, e o prefeito – Gilberto Kassab. Está sendo planejada a apresentação futura do espetáculo nos palcos teatrais das maiores cidades brasileiras, bem como em países europeus, inclusive na Polônia.

 

  1. Quatro universidades de Cracóvia iniciam a cooperação com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O acordo que foi assinado prevê, por exemplo, o intercâmbio de estudantes e professores, a realização de pesquisas comuns e o fornecimento comum de bolsas para o desenvolvimento da ciência. “Já temos acordos de cooperação desse tipo com 207 universidades do mundo. Essa é a primeira universidade brasileira que passa a fazer parte desse número” – disse Łukasz Salwarowski, da Universidade Econômica. Além dessa universidade, o acordo será também assinado pela Universidade Jagiellônica e por mais duas universidades de Cracóvia.

 

  1. O Pe. Zdzislaw Malczewski SChr – reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil e o Pe. Dr. Paweł – diretor da Biblioteca da Sociedade de Cristo para os Poloneses Emigrados Pe. Jan Jabłoński SChr visitaram a redação da Przegląd Polsko-Polonijny(Revista Polono-Polônica) em Gorzów Wielkoposlski. Eles foram recebidos pelo redator-chefe da revista, Dr. Marek Szczerbiński, e pelo Dr. Krzysztof Wasilewski, secretário da redação. O encontro versou sobre a cooperação científica, especialmente no que diz respeito à participação dos acima mencionados padres num projeto científico relacionado com as pesquisas do Primaz da Polônia sobre os poloneses no exterior e os emigrados através dos seus delegados em Roma. O mencionado projeto está sendo preparado pela Associação Científica “A Polônia no Mundo”. No próximo ano essa Associação pretende publicar um volume de estudos históricos e politológicos dedicados ao Pe. Dr. Zdzislaw Malczewski SChr.

 

  1. Por ocasião dos 221 anos da proclamação da Constituição de 3 de Maio, o Curso de Letras-Polonês, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), organizou uma noite de poesia, durante a qual foram apresentados poemas de Adam Mickiewicz, Czesław Miłosz, Jacek Kaczmarski, Jan Twardowski, Julian Tuwim, Tadeusz Różewicz, Wisława Szymborska e Zbigniew Herbert. O evento foi abrilhantado por uma exposição dedicada à Constituição de 3 de Maio de 1791. O Consulado-Geral da Polônia em Curitiba contribuiu para a organização da mencionada solenidade.

 

 

Abril:

27-29. Em Gniezno, capital dos Primazes da Polônia, realiza-se um encontro dos reitores das Missões Católicas Polonesas de diversos países do mundo. O convite para a participação nesse encontro foi enviado a todos os reitores por Sua Excelência Cardeal Dom José Kowalczyk, Primaz da Polônia. Maiores informações a esse respeito podem ser encontradas no artigo específico sobre o assunto, escrito pelo reitor da MCP no Brasil e publicado no número 5 de Polonicus! Você pode ler também uma reportagem deste encontro! Quer saber mais, então veja o texto em nossa biblioteca virtual!

 

  1. Sábado Santo. Seguindo uma tradição de quase trinta anos, no Parque João Paulo II, em Curitiba, realiza-se a bênção dos alimentos para a mesa pascal. No decorrer do dia todo, os nossos compatriotas, bem como brasileiros, puderam assistir a muitas atrações relacionadas com as tradições pascais polonesas. À tarde apresentaram-se conjuntos do folclore polonês. Às 17 horas o padre reitor Zdzislaw benzeu o novo cruzeiro colocado diante da casa polonesa, na qual o Santo Padre João Paulo II foi saudado com sal e pão por ocasião do seu encontro com a colônia polonesa do Brasil no dia 5 de julho de 1980. A seguir o reitor benzeu os grandes cestos com os alimentos, trazidos pelos polônicos e brasileiros que ali se encontravam reunidos em grande número. Na alocução dirigida aos fiéis, o reitor lhes agradeceu por preservarem essa bela, rica e piedosa tradição da bênção dos alimentos, que no dia seguinte são consumidos dentro do círculo familiar. Desejou a todos uma abençoada e feliz festa da Ressurreição do Senhor.

 

 

 

Março:

  1. No campus da Universidade Estadual do Paraná UNICENTRO, em Irati, realizou-se o II Simpósio Internacional de Estudos Eslavos. O reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil, Pe. Zdzislaw Malczewski SChr, foi convidado para participar da mesa-redonda “O eslavismo: o surgimento das identidades eslavas”, onde apresentou a história da imprensa do grupo étnico polonês durante os 143 anos da sua presença no Brasil.

 

  1. No Teatro Guaíra, em Curitiba, realizou-se um concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná, com a participação da eminente violinista polonesa Magdalena Filipczak. Com esse concerto inaugurou-se a temporada artística de 2012. (Biografia na página www.kurytybakg.polemb.net).

 

 

Fevereiro:

  1. Andżelika Boris (nascida a 4 de outubro de 1973 em Grodno) – uma professora e líder polonesa da minoria polonesa da Bielorrússia, que nos anos 2005-2010 foi presidente da União dos Poloneses na Bielorrússia, teve um encontro com membros da comunidade polônica na Sociedade Polono-Brasileira  Marechal José Piłsudski, em Curitiba. O encontro foi organizado pelo Consulado-Geral da Polônia em Curitiba, pela Sociedade Marechal José Piłsudski e pela Representação Central da Comunidade Brasileiro Polonesa (Braspol).

 

  1. Jarosław Fischbach e Mirosław Olszycki, viajantes poloneses da cidade de Łódź, iniciam a sua aventura na América do Sul. O objetivo da viagem é a realização de filmes, além de fotos e livros a respeito dos poloneses na América do Sul. Durante a sua excursão pela América do Sul, os viajantes pretendem encontrar-se com muitas pessoas – poloneses ou não – realizar dezenas de diálogos e entrevistas, gravar muitas horas de gravações para a produção de filmes, o que mais tarde – esperam eles – servirá para mostrar a vida diária no continente sul-americano, a vida dos poloneses ali radicados e daqueles para os quais a Polônia continua sendo um bem inestimável, que durante a vida toda deve ser preservado e apreciado. No decorrer dessa viagem, estão à espera deles compatriotas que residem no Brasil, na Argentina, no Uruguai e no Chile. A fim de mostrar a eles, e principalmente àqueles que nunca tiveram a oportunidade de rever a velha Pátria, o seu país natal, em diversas cidades (São Paulo, Curitiba, Buenos Aires e Santiago do Chile) eles apresentarão a exposição fotográfica denominada “Encantos da Polônia”, que em mais de 30 fotos mostra a Pátria tão próxima dos seus corações. Nessas cidades Jarosław Fischbach fará uma apresentação multimídia chamada “Na trilha dos poloneses pela América do Sul”, falando dos poloneses e dos missionários poloneses nesse distante continente. Jarosław Fischbach e Mirosław Olszycki encontraram-se com membros da comunidade polônica em São Paulo no dia 26 de fevereiro e em Curitiba no dia 5 de março.

 

  1. Na catedral de São José dos Pinhais, nas proximidades de Curitiba, às 9 horas tiveram início as solenidades de sepultamento do bispo Dom Ladislau Biernaski CM, presididas pelo arcebispo metropolitano de Curitiba, Dom Moacyr J. Vitti. Da santa missa concelebrada participaram 20 hierarcas e um significativo número de padres das duas dioceses vizinhas – São José dos Pinhais e Curitiba.  O santuário se mostrou pequeno para abrigar o grande número de fiéis da diocese, entre os quais havia um numeroso grupo de irmãs religiosas representando diversas congregações. Participaram das solenidades representantes das autoridades civis, entre as quais Flávio Arns – vice-governador do estado do Paraná. O corpo do primeiro ordinário da diocese foi sepultado na catedral, num túmulo situado do lado esquerdo do santuário.

 

 

Janeiro:

  1. O novo cônsul-geral da Polônia em Curitiba, Sr. Marek Makowski, faz uma visita ao reitor da Missão Católica Polonesa no Brasil, Pe. Zdzislaw Malczewski SChr. Do encontro participou também o Pe. Benedito Grzymkowski SChr – chanceler da MCP. O diálogo, que se realizou numa atmosfera de amizade e sinceridade, teve como foco a cooperação comum pelo bem da comunidade polônica.

 

  1. Nesse dia iniciou o seu serviço diplomático no Consulado-Geral em Curitiba o Sr. Marek Makowski. Essa região consular abrange os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

 

16.Na sede da Sociedade Tadeusz Kościuszko (a mais antiga organização polonesa na América Latina) realiza-se a despedida da Sra. Dorota Joanna Barys – que ocupou o cargo de consulesa-geral da Polônia em Curitiba –, e a recepção do novo cônsul-geral, Sr. Marek Makowski. No decorrer dessa solenidade foram condecoradas três personalidades: Darci Piana – presidente da Federação Paranaense do Comércio (Fecomercio), João Paulo Koslovski – presidente da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) e do Pe. Lourenço Biernaski CM – padre polônico de grandes méritos no seio da comunidade polônica local.

 

  1. No Espaço Cultural Capela Santa Maria, em Curitiba, realizou-se um recital de música a cargo dos artistas poloneses Tomasz Zięba (piano) e Tomasz Banasik (violoncelo). Os artistas poloneses apresentaram composições de Ludwig van Beethoven, Felix Mendelssohn-Bartholdy, Frederico Chopin, David Elba e Mark Summer.

 

8-28. Em Curitiba realiza-se a Oficina de Música, da qual participam também músicos poloneses. Maiores informações sobre a Oficina podem ser encontradas na seguinte página da internet: www.oficinademusica.org.br

Leave a comment